Abraço Baita

| terça-feira, 30 de agosto de 2011

Por vezes, é o instinto animal quem ensina...
O homem tende sempre a proteger, mesmo que numa sensação primitiva, a mulher tende sempre a buscar o calor...
Sábio, o tempo lhes deu independência, autonomia, sem, no entanto, tirar de ambos o que neles há de mais belo, o impulso ao amor, ao abraço...
Tão triste é uma mulher sem a proteção de um abraço quanto um homem de braços vazios...
Quando a solidão tem cismas de tapera, a alma se para inquieta e o coração em espera.
À mulher basta um pouco de aconchego e de amor, ao homem basta um alguém, o alguém, a quem envolver em seus braços, preenchendo o espaço de carinho e calor...

Dom Isidro

1 comentários:

{ Du } at: 30 de agosto de 2011 17:18 disse...

Morrendo de saudade do teu abraço amigo e sincero, milhões de coisas pra te contar...precisamos nos encontrar pra conversar!

 

Copyright © 2010 Sábio do Mate